Palavras do Provedor

Mensagem de Natal 2016

O Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras apresenta a todos os amigos, família alargada da Misericórdia, os votos de um Natal recheado de felicidades em que todos sejamos presentados com o maior bem da Vida, a Saúde.

O ano de 2017 está a chegar e traz consigo 365 dias novos, prontos a serem usados na realização de sonhos, na concretização de objetivos. Que 2017 seja o ano perfeito na vivência diária, na amizade partilhada, na união dos seres humanos.

Para todos, as maiores felicidades.

O Provedor,

Vasco Fernandes

23 de dezembro de 2016.

Resposta ao artigo da Professora Tereza Moura Guedes [Jornal Badaladas de 7 de outubro de 2016]

teresamouraguedes
Artigo da Professora Tereza Moura Guedes publicado no Jornal Badaladas, 7 de outubro de 2016

Como Provedor desta Instituição, sinto-me honrado pelo excelente trabalho de uma equipa de colaboradores que é a Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras e, com humildade, transmito que sou a peça mais pequena desta casa.

Agradeço a V. Ex.ª, em nome de toda a Mesa Administrativa e restantes Órgãos Sociais, o seu testemunho sincero aos nossos colaboradores que, com grande abnegação, abraçam esta causa de servir.

E lembrar que tudo isto começou com um programa na CMTV sobre a Santa Casa da Misericórdia do Porto, em que julgo não haver razão. As Santas Casas de todo o país são instituições autónomas, de dimensão muito diversa, mas que, pelos serviços que prestam há 500 anos, deveriam merecer maior respeito e carinho por parte de toda a sociedade, inclusive de um canal de televisão.

Em meu nome e de todos os nossos colaboradores, os nossos sinceros agradecimentos.

Atenciosamente.

O Provedor,

Vasco Fernandes

10 de outubro de 2016.

A nossa solidariedade para com todas as populações atingidas pelos incêndios no continente e ilhas

A Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras, os seus utentes e colaboradores, apresentam a sua solidariedade às populações no continente e Região Autónoma da Madeira, às instituições, Misericórdias e IPSS atingidas, rogando a Deus que vos ampare e proteja, e desejando que tudo volte rapidamente à normalidade do dia a dia.

Um agradecimento especial a todos os bombeiros e todos aqueles que procuram salvar o nosso património florestal e edificado, tudo o que faz de Portugal um país tão bonito.

Estamos longe dos acontecimentos mais trágicos, mas estamos convosco a todo o momento.

Muita coragem para todos.

Atenciosamente.

O Provedor,

Vasco Fernandes

11 de agosto de 2016.

Agradecimentos às presenças no aniversário da instituição

A Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras comemorou, em 26 de julho de 2016, os seus 496 anos, com grande simplicidade, na presença dos irmãos, corpos sociais, respostas sociais, utentes, colaboradores, voluntários, assim como muitos amigos.

Nas respostas sociais, houve um almoço especial de aniversário e respetivo bolo, havendo no Lar Nossa Senhora da Misericórdia celebração da santa missa pelo padre capelão Sr. José Manuel da Silva, na capelinha do edifício.

O ato solene realizou-se na nossa sede pelas 17.30h, com receção aos convidados, seguindo-se a celebração da eucaristia na Igreja da Misericórdia, pelo Sr. Padre Vítor Melícias, acompanhado de um excelente coro dirigido pelo Prof. Daniel Oliveira, terminando com um breve concerto de órgão de tubos.

Em seguida uma curta sessão solene, no salão nobre, em que usaram da palavra o Provedor Vasco Fernandes, a Dra. Ana Umbelino, Vereadora da Câmara Municipal, encerrando o ato o Presidente da Assembleia Geral, Dr. Luís Rodrigues.

Das 22 Misericórdias do Distrito de Lisboa, deram-nos a honra da sua presença, a Misericórdia da Lourinhã, Sobral de Monte Agraço e Cadaval, o que muito agradecemos. Da União das Misericórdias Portuguesas e do Secretariado Regional de Lisboa, não houve qualquer presença, nem felicitações o que muito nos entristeceu, Provedor e Mesa Administrativa.

Esperamos que no próximo ano se Deus quiser possamos estar todos presentes sem esquecimentos, a comemorar mais um aniversário.

Boas férias para todos com muita saúde, amor e paz.

Atenciosamente.

O Provedor,

Vasco Fernandes

4 de agosto de 2016.

496 anos ao Serviço da Comunidade

A 26 de julho, a Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras comemorou mais um aniversário, contando já com 496 anos ao serviço da comunidade torriense, prestando apoio a todos quantos nos procuram.

Foi mais um dia memorável na vida desta instituição, um dia de festa para os nossos utentes, funcionários, voluntários, Corpos Sociais em que a alegria e boa disposição estiveram sempre presentes.

Assinalámos este dia com várias atividades nas respostas sociais, tendo o seu ponto alto com a celebração da Santa Missa presidida pelo Rev.mo Padre Vítor Melícias, a lembrar o Dia dos Avós, sob a invocação de Santa Ana e S. Joaquim.

A todos os que fazem parte desta Santa Casa, especialmente os colaboradores, que na sua entrega diária dignificam o nome desta instituição, o nosso reconhecimento e agradecimento.

A todos quantos assinalaram esta data com a sua presença, o nosso obrigado.

Sendo este o Ano da Misericórdia instituído pelo Santo Padre, o Papa Francisco, encorajamos a todos a leitura da Bula de Proclamação do Jubileu Extraordinário da Misericórdia, disponível no sítio web do Vaticano.

Parabéns à Santa Casa e já falta pouco para chegarmos aos 500 anos.

DSC00435

O Provedor,

Vasco Fernandes

27 de julho de 2016.

Visita da imagem peregrina de Nossa Senhora das Misericórdias |de 24 de junho a 8 de julho

O Secretariado Regional do distrito de Lisboa da UMP deliberou adquirir uma imagem de Nossa Senhora das Misericórdias, a qual estará em peregrinação pelas vinte e duas Misericórdias do distrito, permanecendo quinze dias em cada Santa Casa.

No passado dia 24 de junho, a Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras recebeu a imagem peregrina da Nossa Senhora das Misericórdias, estando em adoração na nossa Instituição até ao dia 8 de julho, data em que partirá para a Ericeira.

No próximo dia 5 de julho, haverá na nossa Igreja da Misericórdia, pelas 21 horas, um momento de oração e louvor a Nossa Senhora, onde será rezado o terço com cânticos e leituras, terminando pelas 22 horas com um pequeno recital de órgão.

Convidamos todos a assistir a este momento de recolha e partilha de oração.

O Provedor,

Vasco Fernandes

29 de junho de 2016.

Festas de Encerramento da Resposta Social de Infância | 19 e 24 de junho

No passado dia 19 de junho realizou-se a festa dos nossos finalistas.

Foi um misto de sentimentos que deu cor e sabor aos maravilhosos momentos vividos e partilhados por todos os presentes, deu saudade a quem diz adeus e alegria a quem os vê voar, prontos para novas aventuras.

No dia 24 de junho reuniu-se a família dos nossos pequeninos e todos aqueles que fazem parte do seu dia-a-dia, na nossa instituição.

Num espaço onde reinava o amor, a alegria contagiante e a energia, viveu-se e partilhou-se mais uma comemoração de um ano escolar realizado com sucesso.

Parabéns a todos, e um grande muito obrigado.

Agradecimento:

A Mesa Administrativa da Santa Casa da Misericórdia agradece a todos que colaboraram nos bastidores para o sucesso: aos Pais, às firmas, aos voluntários e a todas as colaboradoras da resposta social de infância, que se entregaram e empenharam incansavelmente para poderem ofertar aos meninos um dia com memórias inesquecíveis de momentos vividos.

A todos um bem hajam e um muito obrigado.

O Provedor,

Vasco Fernandes

29 de junho de 2016.

Apoio aos peregrinos de Fátima

A Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras, ao longo dos últimos 10 anos, tem prestado apoio aos peregrinos dos Salesianos, com a cedência de instalações, serviço de refeições e cuidados de saúde.

A Mesa Administrativa da Santa Casa, representada pelo seu Provedor, recebeu um grupo de peregrinos, com cerca de 35-40 pessoas que, na sua caminhada de fé em direção a Fátima, realizaram uma paragem em Torres Vedras.

É com grande alegria e satisfação que os recebemos no equipamento Lar Nossa Senhora da Misericórdia, no qual as equipas de Saúde, Fisioterapia e restantes colaboradores se disponibilizaram para prestar todo o apoio e conforto necessário, seja nas refeições, em pequenos cuidados de saúde, nas dormidas e higiene.

Ao longo destes anos, já os consideramos como uma família. No curto espaço de tempo em que convivemos, partilhamos experiências, interesses, desejos e celebramos em oração a ressurreição do Senhor Jesus, vivemos o sentimento de sermos cristãos, de dar a mão ao próximo.

São nestes pequenos gestos que vive a verdadeira essência e espírito das Misericórdias, cumprindo com algumas das suas obras.

A Mesa Administrativa desta Santa Casa deseja a todos os peregrinos que, na sua caminhada de Fé até Fátima, vivenciem o amor de Deus.

Sempre disponíveis, até ao próximo ano.

Um abraço fraterno.

O Provedor,

Vasco Fernandes

13 de maio de 2016.

Partiu para o Pai

No dia 13 de março de 2016, foi chamada à presença de Deus a nossa colaboradora, Dra. Élia Maria de Oliveira Ferreira, natural do Vimeiro – Lourinhã, depois de uma doença prolongada e de sofrimento.

A Assistente Social Élia dedicou-se a esta Instituição desde o dia 1 de março de 1994 a 13 de março de 2016 -- ao longo de 22 anos. Foi Diretora da nossa Creche e Pré-Escolar, acumulando cargos no Centro de Dia e Apoio Domiciliário durante alguns anos; no verão de 2004, passou a acompanhar famílias na Segurança Social, por protocolo da Segurança Social e da Santa Casa da Misericórdia, cargos que desempenhou com grande profissionalismo, zelo e muita competência. O número de processos que trabalhava eram sempre muito superiores ao estipulado no acordo. Desempenhava com mestria a sua profissão, arranjando tempo para o atendimento no Banco Alimentar e Cantina Social.

A Assistente Social Élia Ferreira deixa em nós um vazio, uma saudade, pelo seu estilo de pessoa irrequieta, mas sempre pronta para servir. Ao longo de 22 anos, passamos bons momentos de trabalho e outros menos bons, mas era necessário agir e a roda tinha de girar, encontrava-se o ponto de equilíbrio e tudo voltava ao normal.

Dedicou toda a sua caminhada profissional à Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras; a sua vida familiar ao seu filho, nora e neto; aos seus pais, já falecidos, e ao seu companheiro Mamede, que lhe dedicou toda a atenção durante a doença.

Que a Senhora da Misericórdia lhe dê o descanso eterno, são os votos dos Corpos Sociais da Instituição, dos seus colegas funcionários e do Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras.

Uma lágrima de saudade e até um dia.

O Provedor,

Vasco Fernandes

16 de março de 2016.

O Porco é Rei: grande almoço dia 6 de março

O Provedor, em representação da Mesa Administrativa da Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras, apela à população, funcionários, utentes das valências e famílias para um grande almoço de convívio com pratos tradicionais da gastronomia portuguesa: sarrabulho, arroz de peito, carne frita, porco assado no espeto, doces, água, sumos, vinho, café e animação diversa.

Inscreva-se o quanto antes nas nossas valências ou pelo telefone: 261 334 220.

Lá nos encontraremos.

Vasco Fernandes

15 de fevereiro de 2016.

O que fazer para um serviço de saúde pública no Centro Hospitalar de Torres Vedras?

Estou preocupado com o que se passa no nosso hospital, com falta de serviços de grande qualidade que sempre existiram naquela unidade hospitalar. Não há médicos anestesistas para intervenções cirúrgicas; o bloco operatório trabalha, segundo consta, a 50%; não existem aparelhos para vários exames; corre-se para Caldas da Rainha para fazer qualquer exame, a maternidade saiu de Torres Vedras para Caldas da Rainha, com condições semelhantes; tivemos durante muitos anos a melhor ortopedia que existiu nos nossos hospitais.

Torres Vedras tem um concelho de cerca de 180 mil habitantes. Está a 40 quilómetros de Lisboa, porque vão descentralizar para Caldas da Rainha e depois fazer 100 km até chegar a Lisboa? Será possível no século XXI, Torres Vedras ficar sem hospital, quando temos condições para fazermos melhor, fecharam o hospital Dr. José Maria Antunes no Barro com que sentido?

Torres Vedras não pode perder o seu hospital, este terá que ser integrado num grande hospital como Torres Vedras merece.

Uma clínica da CUF pequenininha com cerca de 15 camas, tem mais movimento que o Centro Hospitalar de Torres. Será possível os torrienses não barafustarem contra este sistema de saúde que está a deixar morrer o nosso hospital?!

Os nossos serviços Camarários que medidas estão a tomar para exigir com urgência um hospital em condições de atender os pacientes, sem andarmos a correr para Caldas da Rainha? Qual a razão não compreendo e peço a quem de direito uma explicação com urgência.

Senhor Presidente do Centro Hospitalar do Oeste. Dr. Carlos Sá, Torres Vedras merece um hospital com grandes profissionais em todas as especialidades médicas, enfermeiros e ajudantes hospitalares. Porque saíram de Torres Vedras muitos serviços, não posso concordar que o nosso hospital passe a ser um segundo Centro de Saúde ou uma clínica.

Acordem torrienses, que estamos a ser lesados!

Convido o Senhor Presidente da Câmara, o Senhor Presidente do Centro Hospitalar do Oeste e mais alguns especialistas torrienses do setor da saúde e administração hospitalar para um debate sobre a situação da saúde em Torres Vedras.

Vasco Fernandes

Artigo de opinião publicado no jornal Badaladas, 18 de janeiro de 2016.

Mensagem de Ano Novo

Nas despedidas de 2015, como é tradição, fazem-se votos para o novo ano que se aproxima.

Como achamos que ele chega em branco, leve e puro, a aguardar que nós próprios façamos a sua história, venho pois cumprir a tradição e desejar para 2016:

A todos os portugueses um ano menos sofrido e com força para uma nova luta com esperança, e que cada dia traga o que necessitamos para sermos felizes.

Aos torreenses desejo que consigam uma corrente de energia, positivismo e de querer para que a nossa cidade seja revitalizada a nível de comércio, industria, serviços e de cuidados de saúde, nomeadamente com a reposição de serviços no Centro Hospitalar.

À Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras, e a todos que constituem o seu corpo, a sua alma, a sua essência; utentes, colaboradores, voluntários e órgãos sociais, para todos faço votos de continuidade da harmonia, da partilha e dádiva de sentimentos maiores, da troca, da alegria, da fé e esperança em novos dias repletos de graças Divinas.

Que Nossa Senhora da Misericórdia nos proteja a todos nós com o seu manto de amor divino e nos conceda a paz terrena, a saúde e o amor do próximo, por forma a vivermos os 365 dias do novo ano, com a felicidade de estarmos aqui.

31 de dezembro de 2015.

Mensagem de Natal 2015

A minha mensagem de Natal para todos vós aqui reunidos, colaboradores, voluntários, convidados e corpos sociais, é a de que temos de viver cada dia em união e partilha, como este agora que estamos a usufruir.

Viver a vida, que é um dia de cada vez, com o sentimento nobre de amar, de partilhar esse sentir com todos a quem nos damos a cada instante, e no retorno recebermos a paz, que se traduzirá no bem-estar de nos sentirmos bem connosco, com vida, e vivê-la com alegria que trará saúde ao nosso ser.

Hoje a minha palavra é de esperança para todos, uma esperança que se renova todos os dias e nos dá força para amanhã.

E amanhã é o dia que se aproxima, é a quadra natalícia, é o novo ano cheio de novos dias para enchermos de vida.

Vamos ter a festa das crianças, que se vai realizar neste mesmo espaço, no domingo, às 10 horas da manhã, onde a alegria e a felicidade de todos, vai dar mais cor a esta quadra.

A festa dos nossos idosos que se realiza no dia 23 às 14.30 horas no salão do Lar, também ela cheia de cor e alegria.

Para além das festas, em que serão todos bem-vindos, temos todos os dias a alegria de vivermos dando o nosso melhor ao próximo. É essa qualidade que hoje quero ressalvar e agradecer a todos por nos darem a vossa preciosa colaboração, pois só com ela conseguimos atingir os objetivos desta Santa Casa: dar ao próximo, servir o próximo como se fosse a nós próprios.

Obrigado pela vossa oferta de amizade, carinho, pela dádiva de cada um em prol do outro.

A todos vós um Santo Natal e um magnifico 2016.

18 de dezembro de 2015.

Agradecimento pelas comemorações no Salão Social e Cultural do Sarge

Concerto do Padre Borga

No passado dia 28 de novembro de 2015, decorreu o primeiro concerto no Salão Social e Cultural que esta instituição realizou.

Coube ao Padre Borga e seus acompanhantes estrear esta sala, que muito nos orgulha, pelo apreço que temos pelas suas canções e forma de atuar, entretendo o público com humor, graça e alegria.

Foi uma noite de estreia que lamentamos ter tido pouca afluência de público. No entanto, o calor humano dos presentes fez-nos sentir realizados.

Esperamos em breve dar continuidade a este tipo de atividades, tendo sempre a expectativa de proporcionar aos torreenses momentos diferentes e agradáveis, e conseguir uma ajuda para aqueles que procuram o nosso apoio.

Concerto da Banda dos Bombeiros Voluntários de Torres Vedras

Dia 8 de dezembro de 2015, dia da Imaculada Conceição, dia de aniversário do Lar Nossa Senhora da Misericórdia. São 13 anos de existência que mereceram ser assinalados de forma condigna.

A Mesa Administrativa teve a honra de apresentar a atuação da Banda dos Bombeiros Voluntários de Torres Vedras no Salão Social e Cultural, como parte das festividades do dia.

Esta atuação foi um êxito e um marco na nossa Misericórdia.

Agradecemos à Banda dos Bombeiros Voluntários a preciosa colaboração e a dádiva de momentos únicos de qualidade cultural, para além do expoente musical da extraordinária atuação.

Foi neste dia reaberta uma ala do edifício, totalmente remodelada, para melhor conforto daqueles que usufruem do espaço e para quem trabalhamos com dedicação 24 horas por dia.

14 de dezembro de 2015.

Servir a causa da Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras

É com amor e paixão que sirvo esta secular Instituição há largos anos como Provedor. Nessa qualidade dedico-me por inteiro à nobre causa de estar disponível e dar-me na missão de servir aquele que precisa.

Atualmente são muitas as áreas de serviço à comunidade, em que atua esta Misericórdia, procurando dar a todas elas um apoio equitativo, reconhecendo no entanto as diferenças inerentes à sua especificidade, e para colmatar vazios de conhecimento, apoio-me na equipa profissional que acompanha esta Mesa Administrativa e a mim em particular, na direção desta Instituição.

Esta é uma causa em que se trabalha diariamente, surgindo situações novas com necessidade de resposta, algumas delas imediatas.

Estamos em maio, mês de Maria, mês da Mãe, nesta época acresce uma maior entrega espiritual, a Misericórdia apoia peregrinos que na sua caminhada de oração a Fátima, aqui repousam, alimentam-se, tratam as dores físicas. Procuramos dar luz de fé, na realização da procissão das velas no Complexo Domus, de forma a que todos os residentes, independentemente das suas patologias físicas, possam comungar da oração à Mãe Divina.

Maio é também o mês da Oeste Infantil, é o mês da criança, da flor que salpica de alegria esta casa Mãe de tantos que procuram o abrigo, o abraço de apoio

Estamos aqui servindo o próximo, todos os meses do ano, cada um com a sua especificidade, mas todos eles com a igualdade na qualidade da nossa entrega total, de amor, respeito e disponibilidade, minha e de toda a equipa que é a Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras.

14 de maio de 2014.

Vasco Fernandes
Vasco Fernandes, Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras